Carros da Indy já roncam em SP

No ultimo domingo (21/02) a organização da IZOD IndyCar Series iniciou a montagem de toda estrutura não permanente para a São Paulo Indy 300. A construção do Circuito Anhembi, de 4.180 metros, começou em novembro último e não parou nem para o carnaval, assim os trabalhos estão bastante adiantados.
Ontem começou construção das arquibancadas não permanentes dos setores Vitória, localizado na curva de mesmo nome; Lilás, em frente à reta do Sambódromo; Arena (arquibancada coberta), localizado no “Esse do Samba”; Preto (arquibancada coberta), também localizado no “Esse do Samba’; Tietê, localizado na Reta dos Bandeirantes e 14 Bis, localizado na saída da curva 14 Bis. As arquibancadas dos setores Vitória, Lilás, Arena e Preto terão ainda acesso para pessoas com necessidades especiais.
Outras obras que foram sendo inicializadas são: montagem dos camarotes, a colocação de guard-rails, pintura, acabamento e sinalização da pista e arquibancadas, retirada da tinta que recobre a Reta do Sambódromo, instalação dos blocos de concreto que delimitam a pista e instalação de grades de segurança. A tinta que aumenta a claridade para transmissão dos desfiles das escolas samba, será retirada já que sem ela há um incremento no aderência dos pneus, o que aumenta a segurança dos pilotos.
A área do Pit-Line e Curva Tietê se encontram em fase final de pavimentação; e a Reta de Marte já teve a instalação do guard-rail quase em toda sua extensão concluída.
Na noite da última sexta-feira, a piloto brasileira Bia Figueiredo fez uma apresentação com um Indy de dois lugares, na Reta do Sambódromo. O público presente ao Sambódromo estava preparado para o desfile das escolas campeãs, e foi surpreendido com a aparição de um belíssimo bólido negro de dois lugares.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0