Manutenção periódica deve ser feita em oficinas de confiança

Mais importante que a revisão preventiva em seu automóvel são as peças utilizadas e o profissional que as aplica. Para ter a certeza de uma condução segura, sem correr o risco de panes indesejadas, recomenda-se procurar um mecânico de confiança que indicará as peças e a hora exata de realizar a substituição e, ainda, garantirá a correta aplicação, sem comprometer os demais componentes do carro.
Ao substituir os sensores de oxigênios, cabos e velas de ignição é importante levar em consideração a marca e o ano do carro, pois para cada um deles existe um modelo específico que deve ser respeitado com rigor. A utilização de peças inadequadas pode comprometer o funcionamento do motor, além de danificar o sistema de ignição.
“A manutenção preventiva, realizada por um mecânico de confiança, é fundamental porque a durabilidade das peças está diretamente relacionada às condições de uso do automóvel. Outro fator importante é a procedência do combustível utilizado, pois impurezas ou a adulteração do mesmo podem danificar as velas e os cabos de ignição”, ressalta Ricardo Namie, chefe da Assistência Técnica da NGK.
É válido ressaltar que veículos que circulam com peças desgastadas ou com procedência duvidosa podem apresentar uma série de problemas. Entre eles, destaca-se queda de rendimento, dificuldade de partida, falha no motor, aumento no consumo de combustível e redução da vida útil de outros componentes como bobinas e distribuidor ou transformador e até catalisador.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0