Mercedes-Benz comemora 125 anos de pioneirismo

A oportunidade de narrar uma trajetória de 125 anos de constante inovação é uma tarefa que poucos conseguem experimentar. Por isso, em 2011, a Daimler AG promove uma série de atividades comemorativas para resgatar a sua história de mais de um século de contribuição à mobilidade urbana, com a criação do primeiro automóvel motorizado.
Desde os veículos projetados por Carl Benz e Gottlieb Daimler na Alemanha, em 1886, até o lançamento do Mercedes-Benz S 400 Hybrid, o primeiro automóvel com motorização híbrida comercializado no Brasil, a marca Mercedes-Benz vem imprimindo o seu papel de pioneirismo no universo automotivo, com mais de 80 mil pedidos de registro de patentes.
Como parte das comemorações por esse caminho de sucesso e para enfatizar essa constante busca por novas tecnologias, a Daimler AG está conduzindo a F-Cell Word Drive, uma expedição com três automóveis Mercedes-Benz Classe B movidos a hidrogênio. Os veículos estão na estrada desde janeiro e passarão por 14 países até completar a volta ao mundo em 125 dias.
Na Alemanha, a cerimônia pelos 125 anos da invenção do automóvel foi conduzida por Dieter Zetsche, CEO da Daimler AG e Chefe da Mercedes-Benz Automóveis, em 29 de janeiro, e reuniu mais de 1.400 convidados, entre eles, presenças ilustres como da chanceler alemã Angela Merkel. Na ocasião, foram apresentados o Aesthetics, um novo conceito de design da marca e o novo SLK.
No Brasil, a Mercedes-Benz comemora o 125º da marca, com a apresentação do CLS 63 AMG. O novo esportivo da marca alcança 557 cv de potência e é equipado com motor AMG V8 biturbo de 5,5 litros, com injeção direta de gasolina e transmissão de 7 marchas AMG SpeedShifth MCT. O CLS 63 AMG é o primeiro automóvel do mundo a oferecer faróis com a tecnologia LEDs de alto desempenho de série (que imitam a luz do dia). O veículo também possui os sistemas de segurança Intelligent Light e o Night View Plus (luz noturna auxiliar) além do stop/start que desliga o motor automaticamente quando o veículo está parado ou a menos de 8 km/h.

125 anos de inovações

A Alemanha é conhecida como o berço da indústria automotiva. Foi no país europeu que, no mesmo ano, dois empreendedores mudaram o curso dos transportes no mundo com as suas respectivas invenções.
Com a patente 37.435 registrada em Berlim, em 29 de janeiro de 1886, Carl Benz literalmente colocava em movimento o seu triciclo motorizado, o          Patent-Motorwagen, que viria a ser uma das criações mais significativas da história do século XX e períodos posteriores. A genial invenção que deu origem à história do automóvel, porém, não se encerrou ali. Naquele mesmo ano, em outra parte da Alemanha, Gottlieb Daimler projetou uma carruagem também motorizada.
Antes dos projetos de Benz e Daimler se concretizarem, outros experimentos com veículos motorizados já haviam sido feitos na Europa, principalmente na Inglaterra e na França. Porém, a novidade apresentada pelos alemães foi o uso de um modelo movido por um motor à combustão (a gasolina) inventado por Nikolaus August Otto. Até então, as experiências anteriores ficaram restritas à motorização a vapor.
No então, foram necessários alguns anos até que os veículos de Carl Benz e Gottlieb Daimler pudessem ser feitos em escala comercial. Da parceria profissional dos inventores, surgia a Daimler-Benz, atualmente, Daimler AG, detentora de diversas marcas, entre as quais, a Mercedes-Benz.

Novas criações

Os veículos de Benz e Daimler abriram uma nova era para o transporte e tornaram-se ícones da liberdade pessoal. Além da construção do primeiro automóvel motorizado, a Mercedes-Benz é responsável pela criação do primeiro ônibus e do primeiro caminhão.
Entre as demais inovações da Empresa está o modelo Mercedes 35 hp, lançado em fevereiro de 1900, e que serviu de como protótipo para todos os carros de passageiros modernos. O veículo foi o primeiro a ostentar a marca Mercedes-Benz e indicou a transição entre a carruagem motorizada para o carro motorizado como é atualmente conhecido.
Com um notável design criativo e foco no desenvolvimento de novas tecnologias, o pioneirismo da Mercedes-Benz se mantém ativo e a marca lidera a evolução automotiva, não somente com o lançamento de veículos exclusivos, como CLS (que foi o primeiro coupê de quatro portas) ou o S 400 Hybrid (o primeiro automóvel com propulsão híbrida fabricado na Europa e também o primeiro produzido em série a usar baterias de lítio-íon e primeiro modelo híbrido vendido no Brasil), mas com a introdução de inovadores componentes de segurança, pesquisa e aplicação de propulsão alternativa e motorização mais eficiente como o CGI BlueEfficiency com significativos ganhos ambientais por reduzir emissão de poluentes e o consumo de combustível.
 A marca da estrela de três pontas, em 125 anos de história, não abandonou os princípios de seus fundadores. Mercedes-Benz demonstra que mantém viva as afirmações: “O amor pela invenção nunca morre” (Carl Benz) e “O melhor ou nada” (Gottlieb Daimler).


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0