Indústria automobilística começa o ano em queda

A indústria automobilística começou o ano com saldo negativo e apresentou queda nos resultados de produção, exportação e vendas internas de veículos em janeiro. Os dados foram divulgados pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e são comparados ao mesmo período do ano anterior.

As exportações são o principal obstáculo para o aumento da produção. Com vinte mil unidades vendidas, o setor alcança resultado negativo de 20%, quando comparado com janeiro do ano passado. A crise economica da Argentina, o principal cliente do Brasil, é a maior causa da queda nas exportações.

A queda nas exportações teve impacto direto na produção de veículos leves, que apresentou queda de 3,9%, com 191,4 mil unidades produzidas no mês de janeiro. Este foi o pior resultado do primeiro mês do ano desde 2017, quando foram produzidas 179,4 mil unidades. No entanto, a produção de caminhões teve alta de 5,3% em relação a janeiro do ano anterior, com 7,2 mil unidades produzidas.

As vendas do mercado interno também apresentaram queda, com 193,5 mil veículos licenciados, o volume foi 3,2% menor do que o mesmo mês de 2019


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0