Velas especiais garantem bom funcionamento do motor

Para garantir um propulsor potente e de durabilidade superior, a NGK, maior fabricante de velas de ignição do mundo, conta com a série de velas de ignição especiais Iridium e Platinum. Desenvolvida com eletrodos de metais nobres, como Irídio e Platina, e disponível para o mercado de reposição, a peça possibilita melhor desempenho do veículo nas ruas.
A linha Iridium é composta por velas que possuem eletrodo central superfino, com até 0,4 mm de diâmetro, o que permite uma queima perfeita e extremamente rápida da mistura na câmara. Além disso, o eletrodo possui um projeto que impede a carbonização, independente das condições de funcionamento do motor. Essa estrutura gera uma microdescarga secundária, que queima o carvão depositado na ponta do isolador assim que ele se forma, evitando o acúmulo do resíduo. “Essa alta tecnologia proporciona mais eficiência ao motor, diferencial para o consumidor que busca alta tecnologia e desempenho”, afirma Ricardo Namie, chefe da Assistência Técnica da NGK.
As velas de ignição Iridium também possuem eletrodo lateral chanfrado, que permite ganho na expansão da chama da câmara de combustão. Outros benefícios da peça são mais eficiência ao motor, redução da emissão de poluentes, melhor ignibilidade, maior estabilidade da marcha lenta, menor tensão requerida pela vela de ignição e melhor desempenho do automóvel.
A linha de velas Iridium equipa os veículos Honda New Civic, Honda City, Honda Fit e Toyota Corolla, entre outros veículos.

Linha Platinum

A alta durabilidade é o destaque das velas de ignição da linha Platinum. Formada por um diâmetro do eletrodo central de 0,8 mm em platina, esse tipo de vela garante a diminuição do efeito extintor, pois absorve menos calor que o destinado à queima da mistura. Em algumas aplicações, o castelo metálico é prolongado para proporcionar maior resistência ao superaquecimento, melhorando a dissipação de calor necessária para um bom funcionamento da vela.
Algumas velas da linha Platinum possuem o eletrodo lateral com núcleo de cobre o que assegura maior dissipação térmica, evitando o derretimento do mesmo ao ser mais projetado para dentro da câmara de combustão. No eletrodo lateral, também há uma pastilha de platina que gera maior durabilidade e resistência ao desgaste quando se tratar de transformadores estáticos sem distribuidor. Isso porque nestes casos, algumas velas terão o salto da centelha partindo do eletrodo lateral e se os mesmos não possuírem a pastilha, o desgaste seria diferente das demais velas dos cilindros em que o salto da centelha partiria do eletrodo central da platina.
As velas especiais da linha Platinum estão disponíveis para veículos das marcas Alfa Romeu, Audi, BMW, Ford, General Motors, Honda, Hyundai, Kia Motors, Mercedes-Benz, Mitsubishi, Nissan, Peugeot e Renault, entre outros.
A NGK recomenda a revisão das velas de ignição a cada 10 mil quilômetros ou a cada ano.


Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0